Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / BRASIL

Assediador mata dono de bar que defendeu funcionária em SP

Assediador foi preso em flagrante e está à disposição da Justiça. Empresário morreu em frente ao bar localizado na Saúde

Paulo Henrique Lima
por Paulo Henrique Lima

Publicado em 17/06/2024, às 17h16

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Carlos dos Santos Monteiro era proprietário do bar - Foto: Reprodução
Carlos dos Santos Monteiro era proprietário do bar - Foto: Reprodução

Carlos dos Santos Monteiro, de 57 anos, foi morto na frente do bar em que era proprietário, o Malta Rock Bar, localizado na Praça da Árvore, em São Paulo, no último sábado, 15. Segundo informações do Bom Dia SP, da Globo, o empresário foi alvo de arma branca por parte de um cliente acusado de assédio.

Diego de Almeida Pereira, de 34 anos, teria assediado uma funcionária do estabelecimento e incomodado clientes, incluindo um grupo de amigos que estavam em momento de confraternização. A vítima reagiu ao assédio com um tapa e foi defendida pelo padrão.

O dono do bar convidou Diego a se retirar do local, mas o homem ficou na área externa. Carlos percebeu que o homem estava com uma faca de 30 centímetros de comprimento, aproximadamente, e o questionou sobre o objeto.

Após a confusão, o Diego atacou o empresário com um golpe de faca no pescoço e outro nas costas. Carlos morreu na hora na frente do bar. Clientes conseguiram mobilizar o homem enquanto aguardavam a chegada da polícia ao local.

Ele foi preso em flagrante. O caso foi registrado como homicídio qualificado por emboscada no 16º Distrito Policial (DP), Vila Clementino. Diego passou por audiência de custódia no domingo, 16, e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça.

O homem estava respondendo em liberdade por um assalto. Carlos foi velado e sepultado na manhã desta segunda-feira, 17, no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi.