Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / CRIME

Detento filmado fazendo sexo com agente brasileira roubou R$ 465 mil em itens de luxo

Detento que foi filmado fazendo sexo com agente penitenciária brasileira foi condenado a 4 anos de reclusão por roubar o equivalente a R$ 465 mil em itens de luxo; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 02/07/2024, às 14h13

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Detento filmado fazendo sexo com agente brasileira roubou R$ 465 mil em itens de luxo - Reprodução/MailOnline
Detento filmado fazendo sexo com agente brasileira roubou R$ 465 mil em itens de luxo - Reprodução/MailOnline

Linton Weirich, de 36 anos, detento inglês que foi filmado fazendo sexo com a agente penitenciária brasileira Linda de Sousa Abreu, em uma prisão em Londres, na Inglaterra, foi preso por roubar o equivalente a R$ 465 mil em itens de luxo de um apartamento, em 2022. As informações são do site MailOnline.

Segundo o veículo, o presidiário foi condenado a 4 anos de reclusão, em 2022, por roubar joias, cintos, bolsas, um laptop e uma mala de um apartamento luxuoso em Kensington, na região oeste de Londres. O valor total dos bens roubados foi estimado em 65 mil libras, cerca de R$ 465 mil.

O vídeo de Weirich fazendo sexo com a agente Linda de Sousa Abreu foi compartilhado nas redes sociais. Além do trabalho no sistema penitenciário, a brasileira também mantinha uma conta na plataforma de conteúdo adulto OnlyFans. Ela foi presa e liberada após o pagamente de fiança. Ela é acusada de má conduta. 

Após a divulgação do vídeo, a esposa de Weirich, que está grávida de 7 meses, foi internada devido ao estresse. Segunda uma fonte ouvida pelo MailOnline, há a preocupação de que ela dê à luz prematuramente. 

COBRA GIGANTE É ENCONTRADA MORTA NO LAGO DO RIO TOCANTINS E ACENDE ALERTA

Após o surgimento de uma cobra gigante em uma cidade do interior do Mato Grosso, outro animal foi flagrado no lago de Porto Nacional, no Tocantins, neste fim de semana. Um comerciante local identificado como Agnaldo Teles Barbosa, de 44 anos, fez o registro.

Segundo o empresário, o animal foi encontrado morto próximo ao antigo atracadouro das balsas. Não é a primeira vez que ele teria visto cobra na mesma região, o que acende alerta das autoridades para quem costuma tomar banho no lago.

O lago em que a cobra foi encontrada também é frequentado por jacarés. Não há informações sobre sinalização de perigo no local, mas moradores reforçam o medo em andar pela região, principalmente pescadores.