Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / VIXI!

Mulher envenena marido após ele não gostar da própria festa de aniversário

Norte-americana que foi presa por envenenar marido irá responder por ação criminosa armada

por Surenã Dias
[email protected]

Publicado em 29/06/2024, às 15h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Michelle Y. Peters usou herbicida no refrigerante do marido - Foto: Divulgação
Michelle Y. Peters usou herbicida no refrigerante do marido - Foto: Divulgação

Uma mulher foi presa por envenenar o próprio marido após descobrir que ele não gostou da própria festa de aniversário organizada por ela. Apesar de ter acontecido no início de maio, apenas neste mês a confusão ganhou destaque na mídia do estado do Missouri, nos Estados Unidos. 

Conforme informações do jornal The New York Post, Michelle Y. Peters, de 47 anos, colocou herbicida no refrigerante do homem. Na ocasião, o esposo chegou a perceber um gosto estranho na bebida, mas acabou ignorando e só descobrindo o que havia acontecido dias depois. 

Envenenado, ele passou a sentir dor garganta, náusea, diarreia e vômito. Além disso, ele também começou a tossir um muco espesso e amarelado. Desconfiado com o que estava acontecendo, ele foi olhar as câmeras de segurança da garagem e acabou descobrindo o plano da esposa. 

Leia também: Ex-modelo mostra resultado de 17 cirurgias plásticas nos seios: 'Por este motivo'

Nas imagens, a vítima flagrou Michelle pegando o refrigerante e uma garrafa de herbicida. Depois do ocorrido, o homem então decidiu ir até a polícia e denunciar a própria esposa, que agora responderá por crime de agressão. Ela também foi autuada por ação criminosa armada. 

Em depoimento à polícia, a mulher afirmou que apenas queria ser "má" com o marido por que ele não gostou da festa de aniversário que ela organizou para completar os 50 anos dele. Ainda durante a confissão, ela disse que deveria ter se divorciado antes e que o marido era um "egoísta".

Ainda tentando entender o que aconteceu consigo, a vítima confessa que acredita que a esposa poderia estar tendo um caso extraconjugal e poderia estar interessada no seu seguro de vida de 500 mil dólares, que equivale a R$ 2,8 milhões. Ele também mencionou que a esposa teria reduzido o dinheiro que ela costumava transferir de uma conta comercial para a sua.