Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Notícias / EITA!

Nakagima explica por que decidiu vender nudes em plataforma: 'Fim do mistério'

Procurado pela Contigo!, Nakagima comentou sobre como virou criador de conteúdo adulto após viralizar detalhe sobre parte íntima em reality da MTV

por Surenã Dias
[email protected]

Publicado em 25/06/2024, às 17h08 - Atualizado às 17h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Nakagima conquistou fama ousada após participar do De Férias com o Ex - Foto: Reprodução / Instagram
Nakagima conquistou fama ousada após participar do De Férias com o Ex - Foto: Reprodução / Instagram

Flavio Nakagima decidiu abrir o jogo após começara produção de conteúdo erótico para plataformas adultas. Procurado pela Contigo!, o surfista disse que muitos fãs tinham curiosidade de vê-lo sem roupas devido a fama conquistada no De Férias com Ex Brasil.

"Fim do mistério. Chegou o momento que muitos estavam esperando", disparou Naka, que na última semana acabou viralizando após suas primeiras publicações no Pivacy vazar nas redes sociais. Segundo o bonitão, ele acompanhava os comentários dos fãs especulando sobre o tamanho do seu membro: "A pergunta que eu mais ouvi depois da minha primeira participação “É Nakinha ou Nakonda?” e escuto até hoje. Agora vão saber (risos)".

Seguro de si e sem a menor vergonha de ter suas partes íntimas sendo alvo de comentários, o surfista avalia que a fama que acabou conquistando depois do reality não exatamente era por conta do tamanho de seu dote, mas do visual e o que ele fazia em quatro paredes. 

"Acredito que não seja questão de tamanho, talvez pelo formato, rigidez, mas o principal é saber usar a ferramenta", dispara ele, que recentemente foi um dos famosos que se solidarizou em ajudar as vítimas do Rio Grande do Sul.

DESABAFO APÓS VOLUNTARIÁDO

Depois de passar semanas trabalhando como voluntário no Rio Grande do Sul, Flávio Nakagima disse que não teve apoio de órgãos públicos durante os resgates às vítimas das enchentes. Em entrevista exclusiva à Contigo!, o surfista comentou sobre a experiência, que acabou provocando um acidente em meio ao resgate.

"Não tive muito auxílio de marca. Desde o início a gente viu bastante gente se mobilizando e ajudando. Vi muitos voluntários do Brasil inteiro, tanto na parte dos resgates como na parte em terra. Tinha muita gente, a maioria dos voluntários eram de fora, então eu acho que era o povo pelo povo", afirma ele, que levou uma equipe com nove pessoas, entre eles veterinários e auxiliares, para ajudar as vítimas da região.

Na última semana, Nakagima acabou se acidentando quando retornava de um resgate. Ele fraturou uma costela e precisou retornar para São Paulo. Segundo ele, a situação foi provocada por um barco da Polícia Rodoviária Federal, que passou em alta velocidade enquanto ele estava no jet-ski. 

"Vi bastante policiais e bombeiros, mas eles estavam nas operações deles. Eu não tive nenhum suporte de polícia nenhum dia para fazer escolta, eu não vi nenhum bombeiro tirando o cachorro de cima do telhado, inclusive o meu acidente foi por conta do bote que estava da polícia, que estava em alta velocidade. Eles falaram que estava em operação, mas não tinha operação nenhuma, porque eles estavam voltando, era final do dia", conta.