Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Exclusivas / VITORIOSA

MC Danny quebra o silêncio sobre episódio de racismo: 'Bem marcante...'

MC Danny já enfrentou muitas barreiras na vida e uma delas foi o preconceito. Confira declaração exclusiva da potência do brega funk

Adriel Marques
por Adriel Marques
[email protected]

Publicado em 29/11/2023, às 06h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
MC Danny - (Foto: Divulgação)
MC Danny - (Foto: Divulgação)

MC Danny, potência no brega funk e piseiro, celebrando 14 anos de carreira abriu o coração com a Contigo! e falou sobre os desafios de ser uma mulher preta na música. Anitta, Hitmaker e Zé Felipe já gravaram com a estrela que é considerada sensação da internet. Com 25 anos, conseguiu se tornar uma das artistas femininas mais escutadas do país. A jovem confessou que já enfrentou diversos episódios de racismo e preconceito: “São momentos difíceis que existem sim na nossa carreira, existem sim na nossa vida".

“Em 14 anos de carreira, já passei e vivenciei muita coisa, como racismo, homofobia e machismo. Nos últimos quatro anos, com a minha carreira atingindo um novo patamar, passei algumas situações de racismo constrangedoras em backstage, camarim e avião”, disparou MC Danny com exclusividade. Emocionada, a cantora relembrou uma situação que ocorreu quando estava em turnê internacional: "Teve um acontecimento lá na Europa, em que a gente estava no aeroporto. A gente foi trocar de país e no aeroporto, na hora que a gente estava lá conversando e tal, pra poder fazer o check-in, fazer...".

Leia também:Poderosa e Preciosa: Relembre a treta entre Anitta e Marina Ruy Barbosa

"E pra ir pro outro país, né? A moça viu que eu era brasileira, que eu era negra e então o olhar dela foi diferente, o olhar dela foi um olhar maldoso, assim, que na hora eu já me senti assim, meio que constrangida, e que foi uma situação bem marcante, assim, pra mim", completou Danielle Porto, conhecida como MC Danny. Mesmo enfrentando a discriminação, a celebridade da música garante que nada é capaz de pará-la.

“São momentos difíceis que existem sim na nossa carreira, existem sim na nossa vida. O preconceito é presente e existe sim, mas a gente está nessa luta constante para poder bater de frente com esse preconceito e quebrar e distribuir mais amor também. Somos potência e resistência!”, finalizou a estrela do brega. Com mais de 1 milhão de seguidores no Instagram, a Beats [marca de bebidas alcoólicas], apostou no talento da artista e são parceiros para impulsionar o cenário de gêneros e a a conexão com o público jovem.