Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Filha de Paulo Betti e Eliane Giardini pede ajuda: "Tinha vergonha de falar"

Filha de Paulo Betti e Eliane Giardini pede ajuda para lidar com crises de pânico e ansiedade; veja

Gustavo Assumpção
por Gustavo Assumpção
[email protected]

Publicado em 25/08/2023, às 11h38

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Filha de Paulo Betti e Eliane Giardini pede ajuda: "Tinha vergonha de falar" - Reprodução/ Instagram
Filha de Paulo Betti e Eliane Giardini pede ajuda: "Tinha vergonha de falar" - Reprodução/ Instagram

Discretíssima, a atriz Juliana Betti, filha do ator Paulo Betti e Eliane Giardini, emocionou os seguidores nas redes sociais nesta sexta-feira (25). É que ela publicou um relato de sua luta contra as crises de pânico e ansiedade. 

"Tem mais ou menos 20 anos que tenho isso. Não só de ansiedade, de pânico mesmo. Tinha vergonha de falar sobre isso, mas acho necessário. O mundo está em chamas", declarou ela ao fazer um relato.

A artista então lembrou que tudo é motivo para tirá-la dos eixos. "Hoje no Rio, em pleno inverno, estamos ardendo de calor. Negar as mudanças climáticas é burrice. Aqui onde estou o barulho de obra não acaba nunca. O concreto já está pesando tanto na ilha de NY que ouvi dizer que ela está afundando. Alguém aqui já teve uma crise de ansiedade? Como vocês fazem?", escreveu ela pedindo a ajuda dos seguidores.

Juliana Betti tem 46 anos. Ela é fruto do relacionamento do ex-casal que ficou junto por vários anos - eles foram casados entre 1973 a 1997. Ela também seguiu a carreira de artista e fez vários trabalhos como atriz. 

Veja: 

HOMENAGEM

Há algumas semanas, o ator Paulo Betti anunciou a morte de seu irmão, o sapateiro Zé Bete. Em uma publicação comovente nas redes sociais, ele contou que já sabia que ele estava vivendo seus últimos dias.  No texto, ele diz que conseguiu se despedir após uma folga nas gravações de um novo trabalho."Meu irmão Zé partiu hoje. Esperou que eu tivesse uma brecha nas gravações da novela Amor Eterno e pudesse vir pra me despedir dele", começou o ator.

Ele então contou que seu irmão era um segundo pai. "Zé foi meu irmão e também um pouco meu pai. Ele era 10 anos mais velho que eu. Eu estava agoniado sabendo que ele estava próximo de seu fim neste mundo, e não conseguia ir à Sorocaba pra vê-lo. Mas, Zé sempre foi uma solução e nunca um problema. Pois não é que me esperou? Abriu os olhos e ouviu os nomes de todos que mandaram um abraço e beijo de despedida pra ele; Cida, Maria, Juliana, Mariana, João, Dadá, Eliane, Maria, Mana, Mariana, Zezé, Ana, Osvaldo. Rosangela, Zé Roque, Carlos, Perdiga, Miroldo, Ceroula, Hugo, Grassi, Rafa, Cassiane", relatou.