Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / VEM AÍ?

Regina Duarte pode ganhar papel de vilã na Globo após polêmicas na política

Atriz Regina Duarte pode voltar ao foco dos holofotes como uma grande vilã na Globo no remake de Vale Tudo; saiba detalhes

Gabriel Motta
por Gabriel Motta
[email protected]

Publicado em 07/02/2024, às 15h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Regina Duarte está sendo cotada para um novo papel na Globo - Reprodução/YouTube
Regina Duarte está sendo cotada para um novo papel na Globo - Reprodução/YouTube

Em celebração aos 60 anos de emissora, a Globo prepara o remake da novela Vale Tudo para 2025. Entre os nomes cotados para a nova versão, produzida originalmente em 1988, está Regina Duarte, que deixou a emissora em 2020 para embarcar em uma carreira política no governo de Jair Bolsonaro.

Segundo o colunista Sandro Nascimento, do portal NaTelinha, a atriz poderá interpretar a vilã Odete Roitman, papel que foi de Beatriz Segall (1926-2018). Apesar de não ser uma unanimidade nos bastidores do projeto, o nome da artista é a primeira da lista para interpretar a famosa personagem.

Apesar de polêmica, o nome de Regina Duarte como Odete Roitman seria uma estratégia para atrair de volta a parcela do público que deixou de assistir o canal nos últimos anos, seja por baixa qualidade do elenco ou questões ideológicas.

Além disso, o colunista também explica que a Vênus Platinada busca evitar a percepção de ser uma emissora de esquerda. Sendo assim, o nome da atriz no remake de Vale Tudo poderia atrair tal público e linha ideológica alinhada à artista. Assim como a 'namoradinha do Brasil', outros veteranos das telinhas também devem ser escalados para o remake que tem previsão de estreia para março do ano que vem.

REGINA DUARTE DESABAFA SOBRE TRAJETÓRIA NA POLÍTICA

A atriz Regina Duarte, de 76 anos, abriu o coração sobre sua experiência na polícia e confessou que não estava preparada para comandar a Secretaria de Cultura do Governo Bolsonaro, cargo que ela ocupou por 74 dias em 2020. 

A declaração foi feita em entrevista ao canal da jornalista Leda Nagle, no YouTube. “Não estava preparada para isso. Esse foi meu grande problema. Meu interesse em fazer alguma coisa pela cultura do país fez com que eu assumisse uma coisa pela qual eu não estava preparada. Fiquei muito triste pelo sonho que eu alimentei de fazer alguma coisa importante para a categoria", iniciou ela.