Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / JUSTIÇA

Laudo de cão que morreu em voo é divulgado; entenda o que aconteceu

Após morrer durante voo da companhia aérea Gol, laudo do cão Joca é divulgado e indica causa da morte do animal; confira!

por Andrew Oliveira

Publicado em 04/07/2024, às 12h45

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Laudo de cão que morreu em voo é divulgado; entenda o que aconteceu - Reprodução/Instagram e Reprodução/Globo
Laudo de cão que morreu em voo é divulgado; entenda o que aconteceu - Reprodução/Instagram e Reprodução/Globo

Após o engenheiro João Fantazzini perder seu cachorro, Joca, no início deste ano, durante voo da companhia área Gol, o laudo foi finalmente divulgado. O documento foi emitido pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo a pedido da Polícia Civil nesta quinta-feira (4).

A causa apontada foi de que o animal morreu devido a um choque cardiogênico. A veterinária Fátima Martins explicou que o cachorro também sofreu alterações cardíacas. O choque foi consequência da hipertermia (elevação da temperatura corporal) que Joca sofreu. Devido a esse fator, o animal teve parada cardiorespiratória. As informações são do G1.

"Ele tinha alterações cardíacas, porém o agravante foi a hipertermia que levou à desidratação e ao choque hipovolêmico", confirmou a veterinária. O advogado de João Fantazzini, Marcello Primo Mucci, disse que está esperando a conclusão do laudo para que as investigações apontem o verdadeiro responsável pelos maus-tratos sofridos pelo animal. Joca era da raça Golden Retriever e tinha apenas 5 anos.

LAMENTOU A MORTE INESPERADA DA IRMÃ GÊMEA

Nesta quinta-feira (4), Adriana Bombom emocionou a todos com uma homenagem comovente à sua irmã gêmea, Andréa, falecida aos 50 anos de forma inesperada. A artista compartilhou em suas redes sociais a dor profunda pela perda de sua companheira de vida.

"Minha querida irmã! Estou triste demais com sua partida súbita! A dor de perder uma irmã gêmea, minha companheira desde o útero de nossa mãe. Irmã querida demais que compartilhou comigo tantos momentos difíceis e momentos bons. A sua perda é como a perda de um pedaço de meu ser!", escreveu Adriana.

Ela continuou: "Sei que tenho que seguir adiante, mas não será fácil, pois foi tudo tão rápido e eu tinha ainda tantos planos pra gente desfrutar dessa vida e rirmos juntas! Que Deus te guie para um jardim tão lindo quanto a flor que você representa na minha vida! Seu sorriso permanecerá sempre em minha memória! Te amo!"