Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / EMOÇÃO

Ney Matogrosso posta clique raríssimo da mãe de 102 anos e impressiona: "Longevidade"

Ney Matogrosso posta clique raríssimo da mãe de 102 anos e impressiona a internet com saúde e semelhança; confira!

por Andrew Oliveira

Publicado em 19/06/2024, às 08h30 - Atualizado às 08h42

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ney Matogrosso posta clique raríssimo da mãe de 102 anos e impressiona: "Longevidade" - Foto/Cláudio Augusto/BrazilNews
Ney Matogrosso posta clique raríssimo da mãe de 102 anos e impressiona: "Longevidade" - Foto/Cláudio Augusto/BrazilNews

Na madrugada desta quarta-feira (19), Ney Matogrosso encantou todos os seus seguidores. O cantor compartilhou em seu perfil no Instagram uma foto raríssima de sua mãe, Beita Pereira, de 102 anos. 

Na imagem, dona Beita surge sentada na cama sorrindo para o filho, que se emocionou ao escrever na legenda: "Minha mãe com 102 anos!". Seguidores do artista ficaram impressionados com a saúde da senhora e em ver como os dois são parecidos.

"Isso sim é riqueza! Ter mãe viva!"; "Longevidade e shape = genética privilegiada!"; "Que benção! Parabéns pelo seu zêlo, carinho, cuidado, e todo amor por essa mãe tão querida e presente em sua vida! Isso é uma raridade, um presente do céu!", comentaram alguns.

DESAFIOS DA VIDA PESSOAL

Recentemente o cantor Ney Matogrosso falou sobre sua vida pessoal e fez algumas reflexões diante de um auditório lotado, no Rio2C. Aos 82 anos, ele fez algumas revelações e até contou como encara a morte.

"Me perguntam sobre a morte, e eu olho com naturalidade. Procuro estar tranquilo, sem tremer de medo. A única certeza que a gente tem aqui é a morte. Não temos outra certeza na vida além dessa. Então, procuro estar tranquilo diante dessa ideia. Espero chegar lá na hora tranquilo. Não tenho medo, porque também não há o que temer", disse. 

Depois, ele recordou que se tornou independente ainda jovem: "A principal questão da minha vida foi que meu pai era militar, então a maior autoridade da minha vida eu encarei dentro de casa. Saí de casa aos 17 anos. Ele disse: 'Você não vai sair de casa', porque naquela época o homem saía de casa com 21 anos para casar. O homem não saía de casa com 17 anos para viver. E eu fui. Saí de casa para viver. Ele me disse: 'Se você sair de casa, nunca vou te ajudar em nada'. Eu disse: 'Pai, não quero nada de você, quero viver minha vida'".